Saúde

Usando tipoia: cuidados para não prejudicar outras partes do corpo durante a reabilitação

Publicado em: 27 de julho de 2021

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Por: Relacionamento Mercur

Lesões nos membros superiores, como ombro, braço, antebraço e mão, podem necessitar de estabilização para agilizar o processo de recuperação. Para esses casos, as tipoias são os recursos mais recomendados, garantindo restrição de movimentos ao membro lesionado com foco na reabilitação.

O uso de tipoias é indicado tanto para tratamento conservador quanto pós-operatórios e pode ser prescrito em casos de fraturas, luxações, lesões musculares e articulares, apoio para quando uso de gesso, posicionamento em sequelas de lesões neurológicas e demais afecções na região do braço, antebraço ou da mão que necessitem repouso ou imobilização.

Para além das indicações, é preciso atentar para qual modelo de tipoia é o mais adequado, sendo fundamental a orientação de um profissional da saúde. Conforme a Fisioterapeuta e Analista Técnica de Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos da Mercur, Caroline Wagner, dentre os tipos de tipoia, estão a Tipoia Estabilizadora Estofada Velpeau, Tipoia Ortopédica, Tipoia em Tira, Tipoia Funcional e Tipoia Ortopédica com Suporte Duplo.

“Há tipoias que limitam os movimentos nas três articulações (ombro, cotovelo e punho) como a Tipoia Velpeau, devido à tira/alça fixando o membro ao tronco, indicada para casos de luxações, fraturas e pós-operatórios de ombro, por exemplo”, pontua.

Ao olhar da Fisioterapeuta, observar a indicação e o modelo de tipoia é crucial para garantir a recuperação do membro lesionado e prevenir novas lesões, que podem decorrer do uso incorreto do recurso.

“É comum que um usuário de tipoias sinta dores em outras estruturas do membro que não aquela que foi lesionada, muitas vezes por falta de movimentação, encurtamento ou sobrecarga”, detalha. A sobrecarga, conforme Caroline, se dá principalmente porque a maioria das tipoias possui uma alça que passa na região de um dos ombros para sustentar o peso do membro. “Se não for corretamente ajustada pode gerar desconforto e alteração da postura.”, revela.

Atenta a todos esses fatores, a Mercur, empresa que fabrica produtos para a saúde e para a educação, desenvolveu a nova Tipoia Ortopédica com Suporte Duplo, que surge com foco na redução de chances de causar dores ou desconfortos no pescoço e costas no período de reabilitação, ajudando a manter a postura adequada. Segundo o Gestor de Projetos da Mercur, Régis Severo, a nova tipoia visa atender às indicações de uso já contempladas pelos recursos atuais da empresa, porém oferecendo maior conforto no uso, ampliando a sensação de bem-estar geral do usuário.

A nova Tipoia Ortopédica com Suporte Duplo da Mercur auxilia pessoas no processo de recuperação em casos de fraturas estáveis, luxação da clavícula, ombro ou cotovelo, lesões musculares ou articulares que necessitem de repouso/imobilização, estabilização do ombro em sequelas de AVC ou outras lesões neurológicas, uso pós-operatório e apoio do membro lesionado durante o uso de gesso. Régis ressalta que essas necessidades podem ser atendidas por outros modelos de tipoias, mas a Ortopédica com Suporte Duplo pode ser a melhor opção quando o usuário precisar fazer uso do recurso por um período superior ao de três semanas, por exemplo.

 

Um homem está de costas para a foto mostrando as duas alças em formato de X da tipoia que está utilizando, enquanto uma mulher está de frente para ele, ajustando suas alças.

A nova Tipoia Ortopédica com Suporte Duplo possui design exclusivo com costas em X, proporcionando conforto durante o uso. #PraCegoVer Um homem está de costas, evidenciando as duas alças em formato de X da tipoia que está utilizando, enquanto uma mulher está de frente para ele, ajustando suas alças.

Um dos principais fatores para que a nova Tipoia Ortopédica com Suporte Duplo reduza as chances de dores e desconfortos na região do pescoço e costas é o seu design, com exclusivo formato capaz de distribuir o peso do membro lesionado através de alças posicionadas nos dois ombros.

De acordo com o Gestor do Projeto, “o desenho do produto foi pensado para que o peso do braço (e do gesso, quando utilizado) seja distribuído entre os dois lados do pescoço. Além dessa distribuição, o ponto de apoio das tiras está mais afastado do pescoço, quando comparado aos modelos convencionais. Isso reduz significativamente a pressão nessas regiões, que comumente já se encontram tensionadas em muitas pessoas”, afirma Régis.

A nova Tipoia Ortopédica com Suporte Duplo da Mercur possui tiras em X nas costas, proporcionando conforto durante o uso e é bilateral, podendo ser utilizada em ambos os braços. Régis ainda atribui o conforto a outra característica do produto.

“Apenas a área do antebraço está apoiada e ‘envolvida’ com o tecido, deixando a região do braço (acima do cotovelo) livre, tornando o produto mais leve e arejado quando comparado a Tipoia Ortopédica simples ou Velpeau”, avalia.

Conheça a nova Tipoia Ortopédica com Suporte Duplo, com exclusivo formato capaz de reduzir as chances dores ou desconfortos no período de reabilitação: https://bit.ly/NovaTipoia

Gostou desta publicação?
Compartilhe com seus amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine nossa
newsletter