Educação

3 brincadeiras que estimulam o desenvolvimento cognitivo das crianças

Publicado em: 9 de março de 2022

Tempo estimado de leitura: 3 minutos

Por: Paes.digital

Brincadeiras simples, que fazem parte do cotidiano das crianças, potencializam o desenvolvimento infantil. Os pais ou cuidadores podem realizar atividades que envolvam jogos e brincadeiras. É sobre isto que vamos falar, neste artigo.

Uma das formas com que as crianças se expressam, exercem a criatividade e interagem socialmente é através das brincadeiras.

Este conjunto de características ajuda no desenvolvimento dos pequenos em diversos aspectos.

Afinal, esta pode ser uma ferramenta poderosa na infância e, através dela, é possível aprender muitas coisas e desenvolver muitas habilidades.

Algumas brincadeiras, inclusive, colaboram para o desenvolvimento cognitivo, em questões como raciocínio lógico e memória, como explica a pedagoga colaboradora da Mercur, Márcia Murillo.

 “São as repetições que possibilitam à criança apropriar-se cada vez mais das aprendizagens e conquistas que vai realizando, ao longo de seu desenvolvimento.”

Por isso, selecionamos 3 jogos e brincadeiras que ajudam as crianças, estimulando o desenvolvimento cognitivo.

Uma palavra puxa outra

Brincadeiras que incentivem a criança a pensar. Esta brincadeira pode ser feita tanto em casa, como durante um deslocamento curto ou viagem mais longa.

Comece dizendo uma palavra qualquer. Exemplo: carro. O pequeno precisa dizer outra palavra que se relacione a carro. A brincadeira segue sempre com outra palavra dita, relacionada à anterior.

Outras pessoas também podem participar da brincadeira, desde que todos, em sua vez, digam alguma palavra que tenha relação com a palavra anterior.

Momentos de leitura compartilhada

Leitura com a criança por si só já é uma grande ação a ser cultivada no contexto familiar.

Mesmo que o pequeno ainda não leia, ele pode ser incentivado a inventar uma continuidade para a história lida, ou pode ser convidado a criar a narrativa para uma página, ou ainda, narrar a história toda a partir das ilustrações, utilizando sua capacidade de imaginação.

Ao final do momento, pergunte à criança sobre trechos ou questões que podem fazer com que ela reflita para além da história, ou até mesmo para que relembre fatos da narrativa em si.

Brincadeiras de rimar palavras e sons

As crianças divertem-se muito com histórias cumulativas – onde a cada momento da história, novos elementos vão sendo agregados à narrativa. Se estas apresentarem rimas então, é uma curtição.  

Brincar de rimar, a partir de palavras sugeridas, pode ser uma possibilidade muito rica de brincadeira.

No começo, a criança poderá ter um pequeno vocabulário que possa lhe auxiliar na escolha de novas rimas para o “duelo”. Mas como a brincadeira vai tornando-se engraçada, ela começa a perceber essas similaridades entre os sons e as palavras e passa a interagir de forma mais intensa.

Com estas brincadeiras é possível estimular o desenvolvimento cognitivo dos pequenos e, assim, trabalhar em conjunto com a escola na educação dos filhos.

Gostou desta publicação?
Compartilhe com seus amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Assine nossa
newsletter